Arquivo da categoria: Sem categoria

Sessão gratuita de coaching

O coach que transforma indivíduos em pessoas extraordinárias, Marco Ogê Muniz, está oferecendo sessões online gratuitas de coaching para as 50 primeiras pessoas que se cadastrarem pelo link:
www.ogedesign.com.br/sessaogratuitadecoaching
Garanta a sua vaga! É gratuito!

Anúncios

Um presente especial para você

Imagine que você é parado na rua por uma pessoa que ainda não conhece. Essa pessoa se apresenta como alguém que tinha estabelecido um objetivo na vida, que quando fosse alcançado, haveria o pagamento de uma promessa. Ele conta que seu objetivo era tornar-se multimilionário. Conta que esse dia chegou e que sua promessa é parar a primeira pessoa que encontrar na rua e lhe dar de presente, a troco de nada, um milhão de reais. Conta que o felizardo é você. O que você faria? Aceitaria sem hesitar? Ficaria desconfiado? Teria dúvidas?

Claro que essa é apenas um situação hipotética, mas não é nada diferente de outras ocasiões que acontecem com você no seu dia-a-dia. Então, veja um exemplo mais próximo da sua realidade. Eu tenho certeza que você já deu um presente a alguém sem qualquer motivo especial, como datas comemorativas (aniversário, natal, etc.). Também tenho certeza que você se sentiu muito bem ao fazê-lo. E como se sentiu a pessoa que recebeu o presente de você? Muito bem também, não é?

Essa é a chave da questão. Tanto quem doa, quanto quem recebe ficam felizes. Eker, autor de “Os segredos da mente milionária”, coloca que: “dar e receber são duas faces de uma mesma moeda”. Quando você recusa uma doação, você está negando ao doador a alegria e o prazer de dar. Em última instância, você está fazendo-o infeliz. Isso vale não apenas para quem não aceita receber dos outros, mas também para quem faz comentários do tipo: “Não precisava”, “Eu não mereço”, “Por que você foi se incomodar?”, assim por diante.

Se você não sabe ainda, deixa comigo, eu me encarrego de lhe comunicar: é óbvio que precisava, é obvio que você merece e óbvio que dar um presente para você não é um incômodo. Precisava porque você é especial, você merece porque é extraordinário e lhe presentear é uma alegria e um prazer.

Quando você recusa presentes, ou quando faz comentários negativos quando os recebe, você está treinando o universo a não lhe dar. O universo só presenteia quem é digno de receber. Só recebe quem aceita merecer. Quem define se é merecedor ou não é você. Se você acredita que é, então vai ser merecedor, se acredita que não é, realmente não será. Simples assim.

Toda vez que você nega receber qualquer coisa, o universo se encarrega de fazer chegar aquela preciosidade para quem estiver apto e aberto a recebê-la. É justamente por isso que o rico fica cada vez mais rico, o feliz fica cada vez mais feliz, para citar alguns exemplos. Ricos e felizes estão abertos a receber e, por isso, acabam treinando o universo a sempre lhe dar.

O contrário também é valido, o pobre que fica cada vez mais pobre e o infeliz que fica cada vez mais infeliz não aceita quase nada dos outros. Seja por orgulho, seja por achar que pode conseguir tudo sozinho, em ambas as situações essas pessoas estão se fechando para a dádiva do recebimento. Estão treinando o universo a não lhe dar.

Seguindo esse raciocínio, dar possui a mesma importância do que receber. Você deve tanto dar, para ficar feliz e fazer os outros felizes, quanto receber, também para ficar feliz e fazer os outros felizes. Você precisa ter clareza que dar não é melhor do que receber e receber não é melhor do que dar.

Então, a próxima vez que você receber um presente de alguém, pule de felicidade. Expresse toda a sua alegria e o seu prazer por receber esse privilégio. Agradeça e abençoe a pessoa que lhe presenteou.  Lembre-se de mentalizar que você merece porque é uma pessoa única e extraordinária. A próxima vez que você der um presente a alguém, também, pule de felicidade. Expresse toda a sua alegria e o seu prazer de ter o privilégio de dar. Abençoe a pessoa que você presenteou e diga que ela é única, extraordinária e merecedora de todas as virtudes que o universo têm a oferecer.

http://www.ogedesign.com.br

A única explicação para estar desesperado com a crise

Só existe uma explicação para estar desesperado com a crise. Sim, uma única explicação. Se você está desesperado com ela é bem provável que você sofra desse mal, que está rapidamente se alastrando na população brasileira. Aliás, eu tenho minhas dúvidas se esse mal se disseminou entre os brasileiros por causa de períodos de estabilidade econômica ou se sempre sofremos desse incômodo.

Antes de esclarecer a única explicação para estar desesperado com a crise, vou falar sobre um pouco sobre ela. Não é necessário entrar em muitos detalhes sobre o assunto, porque você sabe que ela chegou faz algum tempo e está derrubando muita gente e muitos negócios. A questão fundamental nesse momento não é discutir as causas ou as circunstâncias desse período de turbulento, mas sim conhecer a sua maneira de reagir perante a crise.

Eu tenho notícias nada animadoras apontadas pelos maiores especialistas em economia do País, que anunciarei mesmo sabendo que será doloroso escutá-las. Os mais otimistas apontam que no segundo semestre de 2016 as coisas começarão a melhorar e os mais pessimistas dizem que só teremos uma mudança de cenário em 2017.

Isso quer dizer que, mesmo havendo margem de erro nas projeções tanto dos otimistas quanto dos pessimistas, em ambas as análises a crise permanecerá até pelo menos julho de 2016. Estou escrevendo esse artigo em fevereiro. Acabo de sair de uma reunião de empresários que me disseram que de dezembro de 2015 até agora a coisa está feia. E ainda temos março, abril, maio e junho pela frente (pelo menos).

Vejo empresários, profissionais demitidos, profissionais com medo de serem demitidos, vendedores, para citar alguns, reclamando da conjuntura conturbada do mercado. As pessoas que reclamam da situação econômica do Brasil são as mesmas que estão desesperadas com a crise. Se você é um desses que entrou em desespero, saiba que existe uma única explicação para isso: acomodação.

Eu não conheço a sua forma de reagir perante a crise, contudo, se você está apavorado com ela é porque ainda não se preparou para enfrentá-la. Você sabia que a crise chegaria? Que atitudes você adotou diante dessa informação? O que você fará até a crise continuar? O que você fará quando ela acabar? O nível de respostas para cada uma dessas perguntas demonstra o seu preparo para prosperar apesar da crise.

O Brasil já viveu períodos de estabilidade econômica, com a implantação do Plano Real, que trouxeram muitos lucros para os mesmos empresários, profissionais hoje demitidos, profissionais com medo de serem demitidos e vendedores que hoje reclamam. E você, se preparou para enfrentar a crise?

O melhor momento para planejar mudanças não é quando o perigo bate a sua porta. Pelo contrário, é quando as coisas estão em ordem que mudanças são necessárias. Em períodos instáveis a pressão e a ansiedade aumentam e as decisões precisam ser tomadas para ontem. Você precisa de tempo e de tranquilidade para tomar as melhores decisões sobre o seu futuro ou sobre o futuro da sua empresa. Isso você só consegue durante a estabilidade.

Assim, mesmo que antes você não soubesse da crise, seja pela pior maneira possível ou pela melhor, hoje você conhece a realidade da situação econômica do Brasil. Que atitudes você adotará diante dessa informação?  Você vai continuar reclamando do governo, dos bancos, dos clientes e das empresas ou vai assumir a responsabilidade sobre os seus resultados?

*Artigo originalmente publicado no Portal Administradores, disponível em:

http://www.administradores.com.br/artigos/empreendedorismo/a-unica-explicacao-para-estar-desesperado-com-a-crise/93760/

O que importa é o presente

Existe um grupo de pessoas que vive dizendo: “bom era antigamente, porque…”. E completa com um motivo que considera o melhor para aquele passado ser muito mais perfeito do que hoje. Também há um grupo de pessoas que vive dizendo: “bom será quando…”. E completa com um motivo que considera o melhor para aquele futuro ser muito mais perfeito do que hoje. Para elas nada está bom hoje. Se você se identificou com um desses dois perfis, ou pensou que alguém próximo age exatamente assim, repense suas atitudes ou repasse esse post para quem precisa.

Se, pelo contrário, você não se identificou com nenhuma das situações citadas acima: parabéns. É bem provável que você pense e aja com foco no presente. Ao invés de perder muito tempo pensando em como as coisas eram boas ou ruins, ou em como as coisas poderiam ficar melhores ou piores, você age agora para criar o seu futuro.

Você pode até rapidamente pensar um pouco no passado, para entender onde você está agora, e no futuro, para definir onde você quer chegar, mas seu foco está no presente, para você fazer a coisa certa para alcançar seu futuro desejado. Você se concentra nas ações necessárias para alcançar seus objetivos.

Lembre-se que o passado ficou para trás e o futuro ainda não chegou, então, o que importa é o presente. Não importa onde você está, caminhando você estará mais perto de onde quer chegar. Se o futuro ainda não existe, você pode criá-lo da maneira que sempre desejou. Sessões de coaching ajudam você a trabalhar todas essas questões com a definição de objetivos e acompanhando as ações necessárias para alcançá-lo.

E você, o que está fazendo hoje para conquistar seus objetivos de amanhã?

http://www.ogedesign.com.br

Aprenda e faça

Você consegue perceber como as crianças aprendem as coisas com facilidade? Crianças aprendem facilmente, porque assim que alguém lhes ensina algo elas rapidamente colocam o aprendizado em prática.

Com o passar dos anos nós acabamos nos esquecendo dessa habilidade, mas ela permanece com você. Parece um paradoxo, mas aprender e colocar em prática é a melhor maneira dos adultos fixarem um aprendizado. Mas é mais realizado pelas crianças.

Lembre-se, ao aprender algo novo, imediatamente, coloque em prática. No coaching você exercita esse hábito saudável.

www.ogedesign.com.br